22 de abril de 2012

Dia 7 - Desejo de ter sucesso

22 de abril de 2012

Eu perdoo-me por me ter aceie e permitido ter inveja e ciúme de pessoas bem sucedidadas no sistema e  sentir-me inferior.

Eu perdoo-me por me ter aceite e permitido comparar-me com outras pessoas de forma a me sentir bem - caso permita e aceite acreditar que sou melhor que essa pessoas em certos aspectos - ou inferior - caso me permita acreditar que sou pior que essa pessoa em certos aspectos - em vez de realizar que esta comparação é na verdade a competição da mente que quer sempre ganhar e se não o fizer é porque "há um problema na mesma" e como tal é necessário a mente sentir-se mal porque "não merece" ser igual e um.

Eu perdoo-me por me ter aceite e permitido ver os meus amigos e colegas terem sucesso e sentir-me mal comigo mesmo por ainda não ter o mesmo nível de successo que eles alcançaram em vez de realizar que na verdade isto não passa de uma competição na qual eu "quero ser o melhor" de forma a ganhar e a ser adorado e querido pelas pessoas.

Eu perdoo-me por me ter aceite e permitido ter inveja daqueles que têm sucesso em vez de com eles aprender.

Eu perdoo-me por me ter aceite e permitido comparar as minahs capacidades com as capacidades dos outros e sentir-me bem ou mal comigo mesmo dependendo se me acho "melhor" ou "pior" que o outro.

Eu perdoo-me por me ter aceite e permitido querer ser como os outros em vez de realizar que eu sou eu e como tal devo de me desenvolver até atingir o meu potêncial como ser humano neste corpo e neste tempo e como tal serei igual a todos os outros que façam o mesmo e a comparação torna-se irrelevante pois não passa de ideias/crenças na mente baseadas em ideias e crenças sobre quem eu penso ser.

Eu perdoo-me por me ter aceite e permitido querer ser melhor que os outros e quando vejo que os outros têm sucesso sinto-me um falhado em vez de realizar que isto não passa do meu ego/mente que me controla/diminui - e para além disso, o "meu caminho" é o "é o caminho que eu crio / criei" - como tal sou eu que decido, sou eu que estabeleço a minha caminhada.

Eu perdoo-me por não me ter aceite e permitido realizar que "sucesso" é um termo contaminado pelo actual sistema capitalista de competição e separação em vez de realizar que "sucesso" é ser honesto comigo mesmo a cada momento de respiração, expressando quem eu realmente sou como um e igual como e com todos.

Eu perdoo-me por me ter aceite e permitido desejar ter sucesso de acordo com a definição de competição em vez de me dedicar e manter-me determinado e disciplinado a ter sucesso em ser honesto comigo mesmo a cada momento de respiração e dar-me direcção de forma a fazer e falar o que é melhor para todos - puxar/estabelecer neste mundo igualdade e unidade como Vida como quem realmente somos.

Eu perdoo-me por ter definido o meu sucesso baseado simplesmente em fazer dinheiro com musica em vez de realizar que neste pondo ja me estou a limitar e a estabelecer o meu "falhanço" pois a musica é uma expressão de quem eu sou, e o dinheiro é simplesmente o resultado de pessoas admirarem a minha expressão e darem apoio e suporte para o continuar a fazer.

Eu perdoo-me por me ter aceite e permitido desejar ter sucesso para me sentir realizado e "mais que os outros" - pensar/acreditar que tal sucesso me define como "mais que os outros" - e sentir-me inferior enquanto não tiver sucesso.

Eu perdoo-me por me ter aceito e permitido ter "o desejo escondido" que outras pessoas não tenham sucesso para que eu tenha e como tal sentir-me mais que os outros.

Eu perdoo-me por me ter aceite e permitido não considerar toda a vida no "meu caminho do sucesso" - em vez de realizar que verdadeiro sucesso é o mundo inteiro com um e igual, no qual todos os seres se expressam em honestidade própria como um e iguais, a cada momento da respiração.

Eu perdoo-me por me ter aceite e permitido entrar num modo competitivo de sucesso em vez de dar apoio incondicional a todos para que todos tenhamos sucesso em expressar-mos quem realmente somos como um e iguais, como vida.

Quando e assim que me vejo a sentir inferior por ver outras pessoas sucederem enquanto eu continuo na mesma posição. Eu páro e respiro. Assim realizo que este sentimento/emoção não é real, e que se eu quero ter sucesso no sistema é necessário dar os passos necessários, no entanto não me irei permitir e aceitar "jogar sujo": eu simplesmente foco-me em expandir a minha expressãoe a dar os passos necessários para que a musica chega aos ouvidos de todos.

Quando e assim que me vejo a definir sucesso como dinehiro e fama - eu páro e respiro. Nesse momento realizo que sucesso são as acções que sucedem cada momento da respiração enquanto eu me expresso como quem realmente sou como vida, disciplinando-me a estabelecer no mundo o que é melhor para todos -- Esta é a minha tarefa, e o meu sucesso existe em cada momento que eu me aplico para tornar tal uma realidade.

0 comentários:

Enviar um comentário

 
◄ Free Blogger Templates by The Blog Templates | Design by Pocket