25 de julho de 2012

Dia 59 - MLV - Ser Humano: Computador Biológico - Parte 2

25 de julho de 2012

Microfone:
Eu perdoo-me por não me ter aceite e permitido realizar que assim como o computador têm um microfone para copiar/guardar/gravar vozes/sons (informação), nós também copiamos sons (linguagem) ao qual associamos um significado, de forma a que aquilo que se passa nas nossas mentes (screen) não passe sem "legendas" - e desta forma cada imagem tem um determinado significado de acordo com a informação/crenças/ideologias/opiniões que nos foram transmitidas pelos "computadores mais antiquados".

Plataforma de programas (Sistemas operativos)
Eu perdoo-me por não me ter aceite e permitido realizar que assim como o computador funciona com base num sistema operativo, o ser humano também funciona de acordo com um sistema de crenças de forma a criar um ambiente (de trabalho) específico.


Vários programas para criar (word, exel, photoshop ...)
Eu perdoo-me por não me ter aceite e permitido realizar que assim como o computador tem programas para criar mais informação (ideias/crenças) o ser humano também possui processos/métodos de forma a implementar mais crenças/ideias tais como a educação, religião, cultura, política etc.

Actualizações (upgrades)
Eu perdoo-me por não me ter aceite e permitido realizar que assim como os computadores são constantemente actualizados, nós também temos actualizações periodicamente: tanto a nível indivídual como a nível mundial: Quando somos adultos temos de nos comportar como adultos (fizemos uma actualização - update - para nos comportarmos como adultos - já não nos podemos comportar como crianças). Hoje em dia é aceite que a terra é redonda e não plana - fomos todos "actualizados deste facto". Quem não se sujeitou a estas actualizações (upgrades) é visto como uma "versão passada" (é marginalizado). Desta forma, com estas actualizações, nós estamos constantemente a mudar "quem somos" de forma a que a imagem de nós mesmos corresponda à imagem que é globalmente aceite pelo sistema mundial de informação/crenças. No entanto, nenhuma destas actualizações está de acordo com QUEM REALMENTE SOMOS - pois simplesmente adicionar mais padrões de pensamento/crenças, imagens e sons aos nós mesmos só acaba por fazer crescer a ideia que temos de nós mesmos: Só faz crescer o nosso ego-sistema, no qual só consideramos a nossa existência.

Reciclagem:
Eu perdoo-me por não me ter aceite e permitido realizar que assim como o computador têm a reciclagem na qual colocamos a informação que não queremos que faça parte do computador, nós somos também capazes de eliminar informação/crenças/opiniões/ideias através do PERDÃO-PRÓPRIO, de forma a que aquilo que vemos que claramente não nos convém - e entenda-se "o que não nos convém" como "aquilo que não é melhor para todos" - de forma a criarmos uma versão de nós próprios que está de acordo com aquilo que é Real. É a forma de nos livrarmos do passado que nos tem "assado o presente".

Informação:
Eu perdoo-me por não me ter aceite e permitido realizar que que assim como a informação é em si o propósito do computador existir, a informação que em nós existe acaba por definir a nossa existência - E o controlo da informação que acaba por definir quem nos tornamos (pais, familia, professores etc) é questionável caso este não tenha a mínima noção de como a mente opera - e, considerando o que aqui nest eblog tem sido dito, já não existem desculpas para que ainda se permita que criemos e transferamos informações/crenças/ideias/opiniões que não apoiem/suportem O QUE É MELHOR PARA TODOS, pois se tal acontecer continuaremos a criar um mundo no qual os vírus destrutivos imperam.

Placa gráfica:
Eu perdoo-me por não me ter aceite e permitido realizar que assim como os computadores têm uma placa gráfica que os tornam capazes de representar/processar imagens, o ser humano também tem a capacidade de construir imagens na mente de acordo com a sua imaginação - o que coloca a questão: à imagem de quê/quem é que eu me programei?

Internet:
 Eu perdoo-me por não me ter aceite e permitido realizar que assim como a informação dos computadores pode ser transferida/comunicada através da internet, nós também possuimos formas de fazer com que aquilo que se passa com cada indivíduo seja parte do conhecimento geral: Redes televisivas, rádio, jornais, curriculo edacional etc - no entanto estas "redes sociais" são controladas de forma a manter o ego-sistema "na/em linha".

Scanner:
Eu perdoo-me por não me ter aceite e permitido realizar que assim como se pode ligar um scanner a um computador para captar uma imagem em alta definição, o olho humano também capta imagens às quais associa uma definição de forma a criar/manter os seus sistemas de crença.

0 comentários:

Enviar um comentário

 
◄ Free Blogger Templates by The Blog Templates | Design by Pocket