5 de outubro de 2012

Dia 107 - Acabando com a Ignorância

5 de outubro de 2012

MLV - Mente Livre de Vírus

Eu perdoo-me por não me ter aceite e permitido acreditar que desde que somos bebés/crianças que somos ensinados a ser ignorantes.

Eu perdoo-me por não me ter aceite e permitido realizar que devido à CRENÇA que um bebé não é capaz de ser, fazer e dizer nada antes de o ensinarmos a ser, fazer e dizer coisas - isto faz com que os pais acabem por ser, fazer e dizer  coisas ignorantes na presença do bebé/criança - o que em si é na verdade abuso infantil = pois os pais estão desta forma a programar o bebé/criança com o vírus da ignorância que irá  limitar o desenvolvimento e a expressão própria do bebé/criança.

Eu perdoo-me por não me ter aceite e permitido realizar que ao ensinarmos às crianças aquilo que experiênciamos estamos muitas vezes na verdade a programá-las com ideias/crenças sobre quem são que provém na verdade da ignorância dos pais por não saberem qual é a origem dos pensamentos, sentimentos e emoções e comot al não sabem qual é a origem/fonte das suas experiências -- e estas são na sua maioria baseadas na energia do medo/separação -- e não naquilo que é melhor para todos, o que obviamente irá fazer com que a criança aprenda a abusar os outros e a si própria.

Eu perdoo-me por não me ter aceite e permitido realizar que este vírus da ignorância faz com que os nossos pensamentos, sentimentos, emoções e acções sejam baseadas em ignorância e desto modo acabamos por não procurar saber mais e questionar aquilo que PENSAMOS saber -- ou seja, não vemos nem ouvimos mais nada a não ser a nossa ignorância.

Eu perdoo-me por não me ter aceite e permitido realizar como este vírus se mostra existir quando as nossas crenças/ideias são questionadas e recusamo-nos a investigar a fundo a origem de tais crenças/ideias para ver se estão são realmente aquilo que é melhor para todos = ou seja, se são baseadas naquilo que É REAL = o princípio de Unidade e Igualdade.

Eu perdoo-me por não me ter aceite e permitido realizar que permitimos que isto aconteça porque FOMOS ENSINADOS A SER IGNORANTES e esta ignorância passou a ser um estado tão "natural" que nem sequer notamos que somos na verdade ignorântes.

Eu perdoo-me por não me ter aceite e permitido realizar que a solução/cura para este víros passa por identificar qual é a sua origem  = ou seja: quem é que nos ensinou tal crença/comportamento viral. O passo seguinte será dar um nome ao vírus e depois tudo o que é necessário é dedicação em nos livrarmos do vírus ao não permitir que tal crença/comportamento influencie a nossa expressão.

O Processo de Eliminação do Vírus da Ignorância:

P: O Vírus da ignorância afecta-me?
Q: Sim/Não

(vamos ter a certeza:)
P: Será que eu afirmo saber de tudo?
Q: Sim/Não

P: Será que eu me importo com o estado/situação do mundo?
Q: Sim/Não

P: Será que eu penso que posso fazer qualquer coisa sobre a situação/condição do mundo?
Q: Sim/Não

P: Será que eu estou ciente dos comportamentos que os meus pais me ensinaram e que eu sinto serem ignorantes?
Q: Sim/Não

P: Será que eu penso que esta Terra é o único planeta onde existe vida?
Q: Sim/Não

P: Será que eu não sou capaz de mudar a minha realidade e experiência na Terra?
Q: Sim/Não

P: Será que eu estou ciente que estou/sou sem poder?
Q: Sim/Não

P: Será que eu sei a diferença entra a Vida e a Ilusão?
Q: Sim/Não

P: Será que eu ignoro tudo excepto aquilo que eu acredito e aquilo que eu fui ensinado?
Q: Sim/Não

P: Será que eu sou capaz de mudar o meu ponto de vista para um outro diferente quando vejo que este é melhor/pior para mim?
Q: Sim/Não

Eu perdoo-me por não me ter aceite e permitido realizar que a ignorância provém do ignorar informação pelo simples facto de não apioar a nossa crença ideia sobre nós mesmos/mundo.

0 comentários:

Enviar um comentário

 
◄ Free Blogger Templates by The Blog Templates | Design by Pocket