6 de janeiro de 2013

Dia 133 - Virar para o Interior: Para além da Mente

6 de janeiro de 2013

 Andamos constantemente ocupados nas nossas mentes, constantemente a falar e a agir de uma forma automática de acordo com o lugar onde estamos e/ou de acordo com as pessoas que nos rodeiam.

Repara como te comportas de uma certa maneira quando estás com os teus pais, quando estás com os teus amigos, quando estás com os teus filhos. Estas diferentes formas de agir/ser são automatismos físicos da mente chamados "Personalidades".

Estas várias Personalidades são Máscaras que colocamos que foram desenvolvidas ao longo dos anos de acordo com as várias experiências que tivemos e às quais damos a permição para "darem rumo" às nossas vidas.

Esta forma automática de agir faz com que não tiremos o maior proveito de cada momento da respiração - bem pelo contrário!
Ao estarmos absorvidos na mente perdemos a capacidade de nos expandir. Ao estarmos na mente existimos simplesmente "aqui na cabeça" e perdemos toda a capacidade de estar presentes AQUI no CORPO inteiro.

Neste processo de Renascimento é essencial começarmos a virarmo-nos "para o interior". Este "interior" não significa nenhuma parte do corpo em específico - refiro-me simplesmente ao ponto do nosso corpo no qual a nossa presença reside. Esta presença expande-se a partir da nossa caixa toráxica para qualquer e todas as partes do corpo. Ao estarmos cientes do nosso corpo estamos cientes de nós mesmos. Repara como ao estares ciente do teu corpo - das tuas mãos, dos teus pés, dos teus movimentos - não podes dar atenção as pensamentos da mente.

Ao estares ciente do teu corpo estás "virado para o interior". Ao estares "virado para o interior" estás em sintonia com a respiração - o que faz com que estejas Aqui presente, realmente capaz de te dar direcção.

É muito fácil perdermo-nos nos nossos pensamentos e permitir que as nossas personalidades tomem controlo das nossas vidas.
Virar para o interior (Um e Igual com e como a Respiração) é a forma mais eficaz de pararmos os jogos da mente que acabam por definir quem somos, o que dizemos e o que fazemos. 

Ao nos virarmos para o interior vamos para além da mente. Ao nos virarmos para o interior viramo-nos para o exterior - o mundo físico --> passamos a ver para além do reflexo da mente.

Ao nos virarmos para o interior temos a coragem para irmos para além das nossas limitações. Ao nos virarmos para o interior temos a força para irmos para além dos nosso julgamentos. Ao nos virarmos para o interior temos a capacidade de de ver a união e igualdade de toda a existência.

A mente só te fará prisioneiro de um espaço limitado onde só reside o teu ego, na qual o medo, a vergonha, incerteza, ansiedade, stress,  arrependimento, fraqueza, perguiça (etc) reinam.

Quem Tu realmente És está para além da mente. Cabe-te a ti "virares-te" na direcção certa.  

0 comentários:

Enviar um comentário

 
◄ Free Blogger Templates by The Blog Templates | Design by Pocket