22 de janeiro de 2013

Dia 142 - Stress: O filho do Tempo Mental

22 de janeiro de 2013

Porque é que stressamos?

Só os humanos stressam. Os animais não stressam - muito menos as o reino vegetal.

Stress é uma condição directamente relacionada com o actual sistema socio-económico.

Alguma vez viste um pastor stressado? Ou um vaqueiro? Ou um agricultor? Não.
Eles levam as suas vidas com base nos fenómenos naturais: Acordam antes do sol nascer, vão tratar dos animais e/ou dos seus cultivos e depois quando escurece já o dia está dado por terminado. As coisas são feitas passo a passo. Quando um dia acaba, acabou! As coisas não se deixam ficar para o próximo dia. Os animais comem todos os dias, e os vegetais/cereais fazem a fotossíntese todos os dias -- nunca deixam as coisas "para amanhã".

A vida é simples -- nós é que criámos um sistema extremamente complicado que facilita a vida a uns poucos indivíduos e torna os restantes os seus escravos. É perfeitamente compreensívél que, tendo em conta as "regras do sistema", acabemos por estar num constante stress, sobre constante pressão em pagar as contas, levar os filhos à escola, ir para o trabalho, agradar o patrão, atingir os objectivos, agradar o cliente, ir buscar os filhos à escola, ir ás compras, cozinhar, lavar, secar... O tempo é tão apertado que às vezes nem há tempo, vontade nem paciência para se fazer sexo!

Porque é que permitimos isto?

Se eu olhar para a minha vida/profissão eu vejo que o stress é o resultado de uma acumulação de coisas que eu "tenho de fazer" mas que no entanto vejo-me super apertado de tempo.

É fácil por a culpa todo no sistema - mas se formos honestos connosco mesmos somos nós mesmos que estamos na origem do Stress.
A verdade é que NUNCA fomos ensinados a lidar com o tempo. O tempo para nós não passa de uns numeros que o relógio indica e que nos dizem quando temos de fazer o quê.
O problema vem quando aquilo que temos de fazer FÍSICAMENTE necessita de mais tempo. Ou seja - não somos realistas em relação ao tempo que levamos a fazer as coisas. Tempo é dinheiro, por isso "temos de fazer o mais possível" em tempo recorde, sempre, a toda a hora.

Na nossa mente fazemos muitas coisas numa só hora. Mas quando chega a "hora H" vemos como é na verdade impossível fazermos tudo o que tinhamos planeado.

É importante estarmos cientes dos dois tipos de TEMPO: O tempo da mente (o dos minutos e segundos do relógio) e o tempo Físico.

O tempo Físico "passa-se" AQUI a cada momento da respiração. É neste tempo que existimos. Se não existirmos AQUI neste tempo e se pretendermos completar as tarefas mas estamos constantemente no "tempo da mente" acabaremos por ver como é impossível terminar as coisas.

O STRESS é o resultado de não Vivermos Aqui com e como a Respiração, presentes do acto físico de cada tarefa. Ao permitirmos estar na mente, com pre-ocupaçõe sobre o futuro e ideias e com crenças do que pode e/ou vai acontecer --> se o fizermos acabaremos por não estar AQUI presentes e como tal desperdiçaremos a oportunidade que existe AQUI a cada momento de VIVER no TEMPO REAL --> o tempo físico.

Agora que escrevo, por mais que eu me "queira dispachar" para ir fazer outra coisa, a realidade é que eu só sou capaz de escrever uma palavra de cada vez, e cada palavra composta por várias letras... Se eu falhar uma letra (ou palavra ou informação) o blog estará incompleto.

A respiração existe para nos lembrarmos que a VIDA é uma sequência de pequenos eventos que através da sua acumulação produzem um resultado que reflecte a forma de como vivemos cada momento da nossa vida.

Stressar é um indicador que estamos na mente e que não estamos a ser honestos connosco próprios em relação áquilo que fazemos e como o fazemos -- não estamos AQUI no tempo REAL, presentes no Momento.

 Mais uma vez, nós somos responsáveis! Cabe a nós mesmos pormos um fim a esta loucura que é a mente!Stress

0 comentários:

Enviar um comentário

 
◄ Free Blogger Templates by The Blog Templates | Design by Pocket