1 de fevereiro de 2013

Dia 151 - O Meu SONHO

1 de fevereiro de 2013

Todos nós temos um sonho.
Uns sonham ter isto e aquilo, outros sonham ser isto e aquilo.
-> No fundo, aquilo que sonhamos possuir e/ou ser é algo que acreditamos que nos vai fazer feliz --> que nos vai satisfazer, que nos dará sentido à vida.

Mas estes sonhos só causam problemas -- passo a explicar:

Pensamos que ao alcançar os sonhos seremos felizes e satisfeitos -- mas quando os alcançamos vemos que as coisas não são assim... Continuaremos insatisfeitos... Talvez sejamos "um pouco mais felizes" mas parece que "falta qualquer coisa" -- afinal as coisas não são como teriamos imaginado... E a palavra chave é IMAGINÁMOS -- por um sonho é isso: Uma IMAGEM -- e as imagens não passam de construções mentais que não representam a REALIDADE!

Um outro problema causado pelos "sonhos" é quando estes são "tão grandes" que nem nos damos ao "trabalho" em sequer tentar... Porque dá muito TRABALHO, e no fundo não estamos dispostos a abdicar do nosso conforto e, estupidamente, preferimos que esse "sonho", por ser tão "grande", sirva de desculpa para nos sentirmos infelizes: "Como é que eu ei de ser feliz se aquilo que eu sonho para mim é practicamente impossivel de alançar?"

No fundo separamo-nos de nós mesmos ao "sonhar/imaginar" que algo ou alguém nos vai dar sentido à vida, nos vai fazer feliz...

Sonhar é uma actividade mental supérfula - absolutamente desnecessário.

Aquilo que necessitamos é de TOMAR DECISÕES -- pois são estas que nos possibilitam crescer como seres humanos.

Quando estás a dormir e a sonhar não tens qualquer controlo do sonho... Eles vão e vêm "como bem lhes apetece". Novas imagens surgem, novas pessoas, novas situações --> Coisas que não fazem sentido nenhum!! (aparentemente...)

Quando estás ACORDADO tomas Decisões -- a cada momento fazes um ACORDO contigo mesmo en relação áquilo que ás de fazer --> é por isso que se diz "Estou ACORDADO!" -- pois a cada momento estás em "acordo" contigo mesmo em relação áquilo que és e fazes... Quando sonhas isso não acontece.

É importante não confundir "Sonho" com "Visão" -- aconselho a que leiam o meu blog em relação a esse tópico: Dia 136 - O Poder da Palavra: Criando uma Nova Visão

Eu perdoo-me por me ter aceite e permitido criar imagens na minha mente (sonhar) que penso/desejo/espero que, caso se realizem, me façam felizes e/ou me deixem satisfeitos em vez de realizar que é na verdade é aquilo que eu DECIDO experiênciar que irá determinar a minha infelicidade e/ou infelicidade.

Eu perdoo-me por me ter aceite e permitido perder tempo a "sonhar" em vez de tomar uma DECISÃO e "seguir em frente" com ela.

Eu perdoo-me por me ter aceite e permitido acreditar que ao concretizar "os meus sonhos" eu serei feliz em vez de realizar que a minha felicidade não está dependente de nenhum factor externo.

Eu perdoo-me por me ter aceite permitido criar para mim mesmo limitações ao definir certas imagens/sonhos como aquilo que me trará safisfação em vez de realizar que a minha satisfação comigo mesmo reside na minha honestidade própria AQUI a cada momento da respiração.

Eu perdoo-me por me ter aceite e permitido acreditar que é um "sonho" que me dará sentido à vida em vez de realizar que EU é que dou sentido à minha vida à medida que eu ME CRIO a mim mesmo como um SER honesto comigo mesmo. 

0 comentários:

Enviar um comentário

 
◄ Free Blogger Templates by The Blog Templates | Design by Pocket