14 de fevereiro de 2013

Dia 154 - Aventura: Perdão Próprio

14 de fevereiro de 2013

Eu perdoo-me por não me ter aceite e permitido realizar que eu crio a minha Aventura ao me Criar como Vida.

Eu perdoo-me por não me ter aceite e permitido realizar que nesta "aventura" eu irei ter de arriscar tudo o que PENSO ter: a minha mente/consciência.

Eu perdoo-me por me ter aceite e permitido acreditar que a minha "vida" actual é "VIDA" em vez de realizar que não passa de repetições de comportamentos passados.

Eu perdoo-me por me ter aceite e permitido ter medo de puxar por mim para ir para além dos pensamentos que me controlam.

Eu perdoo-me por me ter aceite e permitido crer que a minha aventura "ainda está parar vir" em vez de realizar que EU DECIDO QUANDO é que a "minha aventura" começa!

Eu perdoo-me por não me ter aceite e permitido realizar que se eu não DECIDIR criar esta Aventura para mim mesmo, eu nunca acabarei por VIVER porque a VIDA é em sí um processo de AUTO CRIAÇÃO!

Eu perdoo-me por não me ter aceite e permitido realizar que quem eu sou neste momento não passa de uma imaginAÇÃO dos meus antepaçados e NÃO uma ACÇÃO Física por mim mesmo Criada.

Eu perdoo-me por me ter aceite e permitido arranjar desculpas para continuar a adiar o dia em que eu irei tomar a DECISÃO de criar para mim mesmo a minha AVENTURA/Vida.

Eu perdoo-me por me ter aceite  permitido ser um escravo da mente e dos seus padrões repetitivos em vez de me tornar o Mestre da minha Vida ao me dedicar a Viver cada momento como uma Aventura.

Eu perdoo-me por não me ter aceite  e permitido ser "Bem-Aventurado".

Eu perdoo-me por me ter aceite e permitido acreditar que é difícil de "embarcar" nesta "Aventura" que é a "Vida" em vez de realizar que é bem mais difícil e doloroso permancer constantemente no mesmo estado MENTAL no qual eu sou um escravo do meu passado e um "coitadinho" de um futuro que imagino nunca vir a acontecer.

Eu perdoo-me por me ter aceite e permitido permanecer na crença que "um dia mais tarde eu vou mudar" em vez de realizar que essa IMAGEM (imaginação/crença/ideia) permanecerá para sempre no "futuro" que nunca virá.

Eu dedico-me a VIVER aqui com e como a respiração, corrigindo as minhas desonestidades e puxando por mim mesmo para criar a cada momento uma Aventura.

Eu dedico-me a criar a cada dia uma nova Aventura para mim mesmo - na qual eu me possa redefinir como Vida, Um e Igual com Tudo e todos.

Eu dedico-me a enfrentar e a transcender todos os pensamentos, sentimentos, emoções, reacções e energias que me tentam impedir de criar para mim mesmo uma Aventura -- Desta forma estarei a puxar por mim para SER "Bem-Aventurado".

0 comentários:

Enviar um comentário

 
◄ Free Blogger Templates by The Blog Templates | Design by Pocket