15 de fevereiro de 2013

Dia 157 - Disciplina: O Perdão Próprio

15 de fevereiro de 2013

Eu perdoo-me por me ter aceite e permitido que a minha Disciplina esteja dependente de momentos em que eu "não posso mais com a minha falta de direcção".

Eu perdoo-me por me ter aceite e permitido ser "Disciplinado" exporádicamente em vez de realizar que a verdadeira DISCIPLINA implica regularidade/perseverança/estabilidade.

Eu perdoo-me por me ter aceite e permitido que as resistências em ser Disciplinado me controlem em vez de realizar que EU tenho de ser Disciplinado em PARAR tais resistências.

Eu perdoo-me por me ter aceite e permitido arranjar desculpas e justificações para não ser Disciplinado em completar as tarefas que me proponho a fazer.

Eu perdoo-me por me ter aceite e permitido a ter criado uma ideia/crença sobre a "Disciplina" em vez de realizar que essa mesma ideia/crença me influência quando me é necessário eu ser Disciplinado.

Eu perdoo-me por não me ter aceite e permitido fazer da Disciplina uma parte do meu ser --> a cada momento da respiração tornar-me disciplinado em dar-me direcção.

Eu perdoo-me por me ter aceite e permitido que a minha mente me tente/distria quando eu estou a ser disciplinado em fazer as tarefas que estão no meu horário/calendário.

Eu perdoo-me por me ter aceite e permitido distrair-me daquilo que estou a fazer e permitir que essa distração se prolongue por minutos, horas, dias, semanas...

Eu perdoo-me por me ter aceite e permitido usar o facto que "já estou distraído à muito tempo" como uma desculpa e justificação para "continuar distraido" e assim sendo continuar a "deixar para amanhã" o "ser Disciplinado".

Eu perdoo-me por me ter aceite e permitido não ser Disciplinado em VIVER!!!

Eu perdoo-me por não me ter aceite e permitido realizar que eu dei uma conotação negativa à palavra "Disciplina" devido aos meus tempos de escola nos quais a palavra "disciplina" está associada a "fazer coisas que não gosto" mas que "têm de ser feitas" - e como tal existe uma resistência em "Ser Disciplinado" -- assim sendo, eu perdoo-me por me ter aceite e permitido associar a Disciplina a uma experiência negativa, que eu não gosto, em vez de realizar que no fundo, ser disciplinado é nada mais do que entregar-me totalmente a uma tarefa/plano.

Eu perdoo-me por me ter aceite e permitido não ser Disciplinado em garantir que me passo a dar direcção quando CLARAMENTE vejo que estou distraido/perguisoço/procrastinar/adiar a minha mudança.

Eu perdoo-me por não me ter aceite e permitido ser Disciplinado em me corrigir quando vejo que quem eu estou a ser não passa de um programa da mente e que, obviamente, não reflete o meu potencial de/como Vida.

Eu perdoo-me por me ter aceite e permitido ser reagir com "Disciplina" depois de passar muito tempo sem me dar direcção em vez de realizar que tal "Disciplina" não passa da polaridade oposta da "inactividade e desleixe" que eu me permito participar.

Eu perdoo-me por não me ter aceite e permitido realizar que a disciplina só é real quando existe consistência durante um longo período de tempo -- no entanto a Disciplina é para ser vivida AQUI a cada momento da respiração, e como tal eu sou capaz de mostrar a mim mesmo se estou a ser verdadeiramente disciplinado ou se tudo não passa de uma reacção ao, em honestidade própria, ver se eu me estou a dar direcção AQUI com a Respiração ou não.

Quando e assim que me vejo a ser "ser disciplinado" mas no entanto não estou aqui presente com e como a respiração: Eu páro e respiro. Nesse momento realizo que só ao permancer com e como a respiração é que eu me posso dar a certeza de que EU estou a ser Disciplinado -- caso contrário não passará de uma energia na qual eu "me sinto bem comigo mesmo" por estar a ser (aparentemente) disciplinado -- e depois, quando não houver mais energia para me fazer sentir bem, a "disciplina" deixa de existir e só então é que eu verei que foi tudo em vão -- nada foi real!

A Disciplina só é real se for AQUI VIVIDA a CADA MOMENTO da RESPIRAÇÃO, um e Igual com e como o Físico! 

0 comentários:

Enviar um comentário

 
◄ Free Blogger Templates by The Blog Templates | Design by Pocket