1 de março de 2013

Dia 173 - Jornada da Vida

1 de março de 2013

Vejo que neste processo de auto realização é necessário que exista uma constante força de vontade em nos "virarmos" para o interior do nosso Ser - de forma a evitar que distracções da mente ditem aquilo que pensamos, experiênciamos, dizemos e fazemos. Fazê-lo é em si uma jornada: Estes blogs em Inglês têm o nome de "Jornada para a Vida" (Journey to Life Blogs)

É uma Jornada que passa por nos retirarmos da exaustão causada pela mente para a Criatividade do Ser -- é uma Jornada que passa por eliminarmos os condicionamnetos do passado para nos transformarmos no Vazio, e a partir desse "Vazio" temos realmente a capacidade de nos Criarmos como vida.

É uma Jornada na qual pela primeira vez começamos a ter EXPERIÊNCIAS Verdadeiras: Experiências Físicas, tais como estar constantemente presente com a Respiração.
É uma Jornada que Não pode ser adiada/deixada para "mais tarde" -- pois a ideia que temos de que se "pode fazer mais logo" não passa de ima ilusão criada pela mente através da crença de que o "tempo que temos" é "nosso" --> Não, nós não controlamos o tempo, nós não sabemos "quanto tempo temos" porque este "tempo" não nos pertence. "A-Dia-r" é deixar de viver um Dia.

Esta Jornada é uma Aventura, na qual é absolutamente desconhecido aquele em Quem nos iremos tornar -- pois se fosse possivel saber o processo não seria real -- era pré programado.

É uma Jornada de Mudança. A Mudança é a chave! É assim que a Jornada se dá: Um passo de cada vez, uma mudança de cada vez. Se a mudança não existir então é porque não há aventura, é porque se está a deixar para mais tarde, é porque não se está a viver Aqui no físico, é porque não nos estamos a tornar Vazios, é porque continuamos condicionados pelo passado, é porque não nos estamos a permitir ser criativos (somos previsíveis = pré-programados) é porque continuamos exaustos pela energia da mente, é porque não nos estamos a dar a nós mesmos o Presente que é esta Jornada da Vida que é "Virarmo-nos para o Interior" e sermos Honestos connosco mesmos...

Eu perdoo-me por não me ter aceite e permitido puxar por mim mesmo ao me virar para o interior, ser honesto comigo em relação áquilo que experiêncio e garantir que mudo, que não me permito ser um escravo da mente.

Eu perdoo-me por não me ter aceite e permitido fazer com que eu ganhe em mim a força de vontade necessária para "embarcar" a cada momento nesta Jornada da Vida na qual eu puxo por mim para não me permitir que o passado me condicione.

Eu perdoo-me por não me ter aceite e permitido puxar por mim para ser criativo a cada momento, arranjando novas formas para me recriar a cada momento, não me permitidno desta forma que volte a repetir o passado.

Eu perdoo-me por não me ter aceite e permitido puxar por mim para permanecer aqui no físico, com a respiração, não me permitindo que a mente me volte a colocar numa posição na qual eu acabo por repetir o passado.

Eu perdoo-me por me ter aceite e permitido adiar a minha mudança, a minha aventura que é eu Criar-me como vida.

Eu perdoo-me por me ter aceite e permitido que certos momentos de "recaida" se tornem em longos periodos de tempo -- em vez de puxar por mim para recomeçar de novo de imediato!

Eu perdoo-me por não me ter aceite e permitido estar atento aos sinais que indicam que eu estou a voltar a  repetir o passado.

Eu perdoo-me por não me ter aceite e permitido realizar que a resistência em mudar é a prova de que eu estou a passar por uma "fase" na minha "jornada/aventura" na qual eu tenho de ser "forte" ao não me permitir que a resistência me "abrande".

Quando e assim que me vejo a repetir o passado - Eu páro e respiro. Nesse momento realizo que se eu me permitir ontinuar nesse "caminho" acabarei por ter depois de "voltar a trás" para depois recomeçar a "caminhar" na direcção "certa".

Quando e assim que me vejo a ter comportamentos que eu sei perfeitamente serem formas que a mente usa para me desviar desta jornada da vida - Eu páro e respiro. Nesse momento eu puxo por mim, não me permito que o Tempo da mente defina Quem Sou e o que faço e como tal, passo a passo dou-me direcção, garantindo que estou na Jornada para Vida.

Eu realizo que esta Jornada para a Vida tem um numero infinito de passos que se têm de dar. Tudo o que eu tenho a fazer é garantir que cada passo que eu dou é na direcção "Certa".

<a href="http://www.bloglovin.com/blog/4879523/?claim=4pg66zps4qh">Follow my blog with Bloglovin</a>

0 comentários:

Enviar um comentário

 
◄ Free Blogger Templates by The Blog Templates | Design by Pocket