16 de junho de 2013

Dia 197 - Paranoia: Lucro

16 de junho de 2013

Definição de Paranoia na Wikipedia:
"A Paranoia é um processo de pensamento que se acredita ser imensamente influenciado por anxiedade ou medo, frequentemente até ao ponto de irracionalidade e delírio.
O pensamento Paranoico inclui, tipicamente, crenças de preseguição, ou crenças de conspiração relacionadas com uma percepção de ameaça contra o próprio. (ex: "Eles estão à minha caça.")
Fazer falsas acusações e uma desconfiança geral pelos outros é também acompanhada pela paranoia. Por exemplo, um incidente que a maioria das pessoas veria como acidente ou coincidência, uma pessoa paranoica acredita ser intencional.

História

A palavra "Paranoia" vem do Grego παράνοια (paranoia), "loucura".
O termo foi inicialmente usado para descrever uma doença mental na qual uma crença delirante é a característica dominante.
Nesta definição, a crença não tem de ser baseada na "preseguição" para ser classificada como "paranoica" - portanto, qualquer número de crenças delirantes podem ser classificadas como paranoia. Por exemplo, uma pessoa que sómente tem a crença delirante de que é uma figura religiosa importante seria classificada por Kraepelin como possuindo "paranoia pura".
(...)
Mesmo nos tempos que decorrem, um delírio não necessita ser "suspeitoso" ou fundado em "medo" para ser classificado como "paranoico".
Uma pessoa pode ser diagnosticada como "paranoico esquitzofrénico" sem possuir delírios de "preseguição", simplesmente porque os seus delírios referem-se sobretudo a si mesmos."


Existem uns pontos que quero salientar para demonstar mais eficazmente como o Lucro é na verdade Paranoia:


"A paranoia é um processo de pensamento (...)"

"A paranoia é um processo de pensamento imensamente influenciado por anxiedade ou medo, frequentemente ao ponto de irracionalidade e delílio"

"(...) qualquer número de crenças delirantes podem ser classificadas como paranoia"

"Uma pessoa pode ser diagnosticada como "paranoico esquizofrénico" (...) simplemente porque os seus delírios referem-se sobretudo a si mesmos"

Para trazer ainda mais claridade ao assunto quero também aqui deixar a definição de "delírio":
"Um delírio (às vezes denominado delusão) é caracterizado por crenças mal fundamentadas fortemente enraizadas na vida de uma pessoa e que causem prejuízo significativo para si mesmo ou para outros."

Definição psiquiátrica de "delírio":
"Uma falsa crença baseada em inferência incorreta sobre a realidade externa que é sustentada com firmeza (...) apesar do que se constitui em prova incontroversa e óbvia de evidência em contrário."


Definição de Lucro:
"A diferença entre o custo de compra e o custo de produção e distribuição de um certo produto/serviço"

Agora que estes pontos estão assentes vamos começar a ver a Paranoia e o Delírio existentes neste conceito que é o "lucro":

PROBLEMA:

O lucro é um valor arbitráriamente atribuído acrescentado a um produto/serviço que por sua vez está directamente relacionado com o delírio de grandiosidade dos indivíduos que beneficiam com este lucro: os donos dos produtos/serviços, os CEO's e os acionistas.

O lucro é o resultado de um Processo de Pensamento no qual alguém chegou à conclusão (irracional) que aquilo que essa pessoa possui para venda/oferta vale mais do que o seu REAL valor! Isto é pura irracionalidade: Como é que algo pode ter mais valor do que o seu Real Valor? É obvio que com este princípio como um dos pilares do actual sistema económico só acabamos por obter resultados desastrosos em TODAS as industrias e serviços pois não existe fundamento nenhum naquilo que é REAL!

Milhões de pessoas acordam todos os dias com um motivo em mente: "Fazer dinherio"
O termo em si - "fazer dinhero" - não faz qualquer sentido pois como bem sabemos "nada se cria, nada se perde, tudo se transforma".
Logo vemos que "fazer dinheiro" (sendo a definição de "lucro") não passa de uma paranoia pois esta é uma crença disprovada pelas leis da física. Vê-se também claramente a dimensão do medo nesta paranoia: ao se acrescentar um valor arbitrário ao valor real do produto/serviço é como se afirmasse que "esta realidade física não é suficiente para a minha existência e como tal necessito de algo mais, algo imaginário - o lucro".

Ninguém nunca realmente "fez dinheiro" -- o que realmente acontece é que uns acabam por privar outros de terem acesso àquilo que necessitam para manterem as suas existências e que SEMPRE aqui na Terra existiu. A isto chamamos "fazer dinheiro"...

Nunca ninguém "fez dinheiro" porque nunca ninguém fez/criou nada: Tudo já existe aqui na Terra -- a única coisa que nós seres humanos fazemos é mudar/alterar/reorganizar/reestruturar o que já existe. Até as "nossas" ideias/invenções já existem pois estas estão dependentes das leis da física -- nós simplesmente somos os interpretadores daquilo que é possivel.

Nem sequer os teus pensamentos te pertencem (em primeiro lugar porque foste ENSINADO a pensar) pois estes estão dependentes do corpo físico cujo funcionamento está dependente daquilo que já existe, tais como, por exemplo, os átomos e as leis da física que possibilitam e condicionam a existência e o comportamento dos mesmos.

A "entidade consciente" que acreditas ser "dono de" não é real e não te pertence --> e a prova disso é a morte, pois quando esta "bate à porta" e o corpo deixa de funcionar, a tua consciência (que não passa de memórias sob a forma de impulsos eléctricos) deixa de existir e o corpo acaba por se degradar e a voltar à Terra.

O Físico é Real -- O Lucro é Paranoia.

Em nome do Lucro criamos probreza: Um não pode existir sem o outro, pois o Lucro é um valor FICTÍCIO acrescentado que é PAGO pelo valor Existente físico/real dos recursos da terra e do tempo de transformação/reorganização/reestruturação efectuado pelo homem. É desta forma que o "tempo de vida" de milhões e milhões de pessoas é imensamente limitado, acabando estes por morrerem, por exemplo, de fome, pois todo o valor que têm como Vida foi-lhes ROUBADO através da cobrança do valor do Lucro.

Em nome do lucro abusamos da Terra, abusamos uns dos outros, abusamos dos animais: Abusamos do físico!

O único propósito das grandes corporações que controlam os recursos mundiais é "criar" o máximo de lucro possivel!! Esquece lá reorganizar/reestruturar o que já aqui existe na Terra de forma a que este lugar (que é o ÚNICO lar que temos!) se torne Um local Melhor para Todos...

SOLUÇÃO:

A solução é, obviamente, acabar com esta Paranoia de acrescentar um valor fictício áquilo que é real.
A solução é determinar exactamente o Valor de cada recurso de acordo com a sua abundância e necessidade de utilização de forma a termos uma ECOnomia que seja uma Verdadeira representação (dinheiro) do ECOsistema chamado TERRA e das interações entre esta e Todos os organismos Vivos.

RECOMPENSA:

O fim da oscilação dos preços dos produtos e serviços essênciais à Vida.
A garantia de que temos um sistema fundado na Realidade e como tal o fim de todos os problemas económicos, pois a nossa "casa" (eco) será gerida (nomia) de acordo as necessidades reais do seu bom funcionamento e practicalidade.
O fim da Pobreza: Um oposto (lucro) não pode existir sem o outro (pobreza)
O fim da guerra: a guerra é em si o resultado da intenção de obter poder através do controlo de recursos para serem colocados no mercado a "gerar lucro".

Quantas mais recompensas és capaz de prever?

As palavras que definem um sistema económico baseado na REALIDADE já existem -- agora só nos falta manifestá-las!


1 comentários:

Joana Jesus disse...

Tens pontos que dão que pensar e, quanto mais pensamos sobre o sistema mais falhas encontramos - por isso, uma "solução" que o actual sistema económico arranjou para nos manter entretidos foi criar a necessidade de sobrevivência, na qual cada um de nós dedica o seu tempo para "fazer dinheiro". Ao reflectir sobre isto, podemo-nos perguntar Quanto Vale o Teu Tempo? e ridiculamente vamos ver que o valor das coisas/da Vida (!) é injustamente arbitrário. Enquanto não houver um sistema implementado que valorize todas as Vida dos Seres Vivos como iguais irá haver abuso.

Enviar um comentário

 
◄ Free Blogger Templates by The Blog Templates | Design by Pocket