1 de agosto de 2013

Dia 227 - Dinheiro, Política e Liberdade: O Poder da Palavra

1 de agosto de 2013
techno tutor desteni technotutorNa "vida" existem muitas "coisas" que "temos de fazer" -- e muitas delas são "coisas" que se podessemos não as faziamos -- se podessemos preferiamos não as fazer.


Mas a verdade é que TÊM mesmo de ser feitas -- e como tal temos duas opções: Ou continuamos a permitir que estas coisas se tornem uns "deveres" e associado existe a experiência de Resistência em fazê-lo, ou então tornamos esses "deveres" em "quereres" -- e desta forma não nos irá "custar" levar a cabo as tarefas.

O começo da Bíblia diz muito: "No início existia a palavra, e a palavra era Deus, e a palavra estava com Deus."

As nossas vidas dependem das palavras que sabemos, das palavras que usamos e das associações/contextos associados às palavras.
Com as palavras temos o poder de Deus: O poder de Criar.

"Estudar"
"Lavar a loiça"
"Arrumar a casa"
"Trabalhar"
"Dormir"
"Férias"
"Disciplina"
"Deveres"
"Dinheiro"
"Política"
"Economia"
"Música"
"Filmes"
.......

O que é que estas palavras significam para ti?
Quais é que têm conotações positivas e quais é que têm conotações negativas? --> quais é que "gostas" e quais é que "não gostas"? Quais é que "desejas" e quais é que "odeias"? Quais é que "não resistes" e quais é que "resistes"?

Todas as palavras têm um significado específico -- e o seu significado não têm nenhuma conotação nem positiva nem negativa.
"Dinheiro", por exemplo, não é "bom" nem é "mau". "Estudar" / "Trabalhar" não é "bom" nem é "mau" --> é o que é. Se existir "desejo" ou "resistênica", então, obviamente, a pessoa não é verdadeiramente LIVRE para agir, pois está sobre a influência de uma energia que a faz "mover" ou "não".

Como todos sabemos existem coisas que TEMOS DE FAZER (Deveres) -- e na sua maioria, se podessemos, não as fariamos devido à conotação negativa associada a estas. No entanto têm de ser feitas, e infelizmente permitimo-nos criar resistências em fazê-las, o que torna as próprias tarefas "difíceis" de se fazerem: Acabamos por complicar ainda mais.
Se somos seres realmente LIVRES, capazes de Livre Arbítrio, então porque é que não fazemos as nossas vidas mais simples e prazerozas ao transformar os "deveres" em "quereres"? --> não de uma prespectiva de "desejo/necessidade" mas sim de uma perspectiva de disfrute e divertimento?

Isto irá obviamente por à prova a tua crença de que és Livre....
Não gostas do teu emprego? Porque? És livre para Mudar! Podes passar a gostar! Tudo depende de ti! E se depois de tentares transformar o "não quero" em "quero" e vires não conseguires", então porque é que não mudas de emprego? -- para fazer algo que gostes? Provávelmente vais-te deparar com um facto: Não é possível! O sistema não permite! E não podes deixar de trabalhar porque tens de ganhar dinheiro porque tens os teus filhos para alimentar e as contas para pagar... Logo, NÃO ÉS LIVRE! Como vês és na verdade um prisioneiro da tua mente (dos teus "desejos" e "desgostos") e és também um prisioneiro do sistema! Portanto, não é obvio que as coisas têm de mudar!!?? Não é obvio que o sistema que temos é uma prisão e que para sermos livres temos de criar um sistema que nos dê  VERDADEIRA Liberdade?

techno tutor desteni technotutorPor esta altura deve de ser mais que óbvio que o actual sistema "Liberalista" (liberalismo/capitalista) tem tudo menos a haver com Liberdade: Tornámo-nos prisioneiros da conotação positiva/negativa associada ao "dinheiro", em vez de o utilizamos como uma ferramenta de troca -- que é o que realmente é! Uns têm tanto "desejo" (ganância) de o ter que acumulam "fortunas" imensas -- acabando assim por estagnar a economia e causando problemas -- assim como se o sangue deixar de circular no corpo (se o coração parar) todas as células/orgãos acabarão por sofrer e a pessoa acaba por morrer -- é isso que está a acontecer no mundo: não há dinheiro (sangue) para nada! Mas a verdade é que existem "coágulos" que estão a bloquear o movimento do MUITO dinheiro que existe!
7 Milhões de pessoas no mundo (1% da população mundial) têm 43% riqueza mundial --> este é um grande coágulo!
techno tutor desteni technotutor
5600 Milhões de pessoas no mundo (80% da população mundial) têm 6% da riqueza mundial --> Estas são "células" com falta de "sangue" -- sem o "sangue"(dinheiro) elas não obtêm os nutrientes necessários, não têm accesso à água que necessitam, não têm acesso a "esgotos" adequados para se libertarem das toxinas (fezes/urina) que produzem etc...
O sangue (dinheiro) não está a circular adequadamente como devia, e os "órgãos" do corpo que formam a Humanidade estão a entrar em colapso!

Por outro lado temos a conotação negativa associada ao dinheiro: "O dinheiro é a fonte de todo o mal" -- já a Bíblia o diz há muito tempo. Esta passa a ser uma das formas com que a maioria da população aceita a sua situação de pobreza -- pois assim têm garantido a "entrada no céu", porque na Terra não tiveram muito dinheiro -- e como a própria Bíblia também diz, "os humildes (pobres) irão herdar a Terra" --> mais uma razão para os pobres/humildes se contentarem.

A relação que temos com o dinheiro é uma de "amor/ódio" -- não existe senso comum, não existe praticalidade.

techno tutor desteni technotutorA política é a mesma coisa: A maioria queixa-se de que as coisas estão mal, que a política não é adequada, que os políticos são os palhaços e mentirosos --- no entanto essas mesmas pessoas não são capazes de tomar responsabilidade ao aprenderem política, ao formarem partidos e ao tomarem posições de liderança na qual possam realmente fazer uma diferença no seu país: Falar no café com os amigos e dizer que as coisas estão más, que "estes políticos" são uns "trafulhas" e nada fazer para mudar as coisas é muito fácil. Ir protestar é fácil. Fazer uma revolução é fácil --- mas como sabemos, quando se dá uma "REVOLUÇÃO", voltamos ao mesmo ponto: de volta à estaca zero!

 A bíblia diz: "Assim na Terra como no Céu" --- eu digo: Assim nas ruas como no parlamento. O mundo actual é o reflexo daquilo que em nós mesmos permitimos: As definições e conotações das palavras que vivemos.

Queres mudar a tua vida?

Muda as tuas palavras -- purifica-as! Dessa forma ninguém nunca te enganará! Dessa forma serás verdadeiramente Livre -- pois viverás de acordo com a definição REAL da palavra, e não de acordo com uma carga energética positiva ou negativa que te impede de ser LIVRE!


0 comentários:

Enviar um comentário

 
◄ Free Blogger Templates by The Blog Templates | Design by Pocket